Ônibus municipais de São Bernardo passam por inspeção veicular

Para aumentar a eficiência do transporte, vistoria contemplará a avaliação de mais de 150 itens nos 394 coletivos que compõem a frota municipal

Por PMSBC 18/09/2017 - 13:21 hs
Foto: Ricardo Cassin/PMSBC
Ônibus municipais de São Bernardo passam por inspeção veicular
Ônibus municipais de São Bernardo passam por inspeção veicular completa

Como parte da exigência prevista em contrato com a Prefeitura de São Bernardo, a concessionária que opera o transporte público da cidade, a SBC Trans, iniciou neste sábado (16/09) o procedimento de revisão de todos os 394 coletivos municipais que circulam na cidade diariamente. A inspeção veicular realizada anualmente contempla a avaliação de mais de 150 itens, entre sistemas de freio, iluminação, motores, acessibilidade, entre outros. O objetivo é aumentar a eficiência e qualidade do transporte.

A ação de revisão será estendida por mais dois finais de semana, período em que a circulação dos coletivos é reduzida, acompanhando a diminuição da demanda de passageiros. Após a certificação de que os ônibus estão seguros e aptos para retornar às ruas, as unidades recebem um selo de qualidade emitido pela própria SBC Trans.

“Este é um procedimento feito todos os anos como forma de trazer qualidade e segurança aos usuários. É uma atividade que envolve muitos trabalhadores em uma verdadeira força-tarefa para oferecer aos passageiros de São Bernardo uma nova experiência, mais prazerosa e segura, no transporte público da cidade”, destacou o prefeito Orlando Morando, que participou da vistoria em cerca de 200 coletivos, realizada na garagem da SBC Trans, no bairro Montanhão.

Também participaram da ação de fiscalização o presidente da Empresa de Transporte Coletivo (ETC) da cidade, Ademir Silvestre, além de outros funcionários da ETC. “Esta é uma exigência contratual, que estamos cobrando e acompanhando de perto”, informou Silvestre.

Novas unidades - A Prefeitura também concluiu em agosto outra importante ação para qualificar o transporte público e a mobilidade urbana, com a entrega de 55 novos ônibus com maior capacidade de passageiros à população. A intenção foi substituir os atuais micro-ônibus por veículos Midi, que contam com 12 assentos a mais e maior espaço para circulação dos usuários em comparação aos modelos atualmente em uso.

Os coletivos são dotados de sistema wi-fi, ar-condicionado, tomada USB, além de todos os mecanismos de acessibilidade. Até o final do ano, a Administração pretende substituir 20% da frota com veículos mais modernos, diminuindo a idade média dos ônibus. Outros 15 veículos articulados estão previstos para serem integrados à frota até dezembro, totalizando 70 novos ônibus em 2017.